Barcelona e Real Madrid empatam por 2-2 em jogo marcado por erros de arbitragem

| Por Vitor Magalhães 
Expulsão, diversos erros, e futebol de alto nível regraram o último “el clasico” da temporada

O Barcelona empatou com o Real Madrid por 2-2 no Camp Nou, em partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Espanhol. Com Gols de Suárez e Messi para os catalães, e Cristiano Ronaldo e Bale para o time de Madri. Este foi o 50° empate da história do “El Clasico”.

A equipe catalã já é campeã espanhola da atual temporada, mas entrou em campo focada na busca de um feito inédito em sua história, o título invicto. Com o empate na tarde de hoje, o Barça já soma 42 jogos sem derrota na La Liga.

O jogo começou com um alto nível técnico de ambos os lados, mas com um domínio barcelonista. Suárez abriu o placar após belo cruzamento de Sergi Roberto. O Real empatou com Cristiano Ronaldo, após Benzema escorar de cabeça. A partir daí, veio o destaque negativo da partida, que ficou por conta do árbitro, Alejandro José Hernadez Hernandez, (sim, são dois “Hernandez”), que errou diversas vezes em lances capitais e acabou influenciando no resultado final.

Em um desses lances, não expulsou G. Bale, que entrou com as travas da chuteira na panturrilha de Umtiti. Nos minutos finais do primeiro tempo, após várias entradas ríspidas de ambas às partes, o juiz apresentou o cartão vermelho direto à Sergi Roberto, após agressão ao lateral adversário, Marcelo. O árbitro havia perdido absolutamente o controle da partida, ainda no primeiro tempo.

O segundo gol dos culés veio na segunda etapa, com um jogador a menos o Barcelona precisou se superar dentro das quatro linhas, e conseguiu. Após belo passe de Luis Suárez para Messi, o argentino puxou para à esquerda e marcou pela 26ª vez na história do confronto.
Há que se destacar, que o uruguaio cometeu falta no lance em que gerou o gol, ou seja, mais um erro da arbitragem.

O Real Madrid empatou minutos mais tarde, com Bale – que deveria ter sido expulso lá no primeiro tempo –, e depois pressionou bastante o time da casa. O Barça teve que jogar no contra-ataque, devido ao menor número de atletas em campo. Apesar disso, o time teve boas oportunidades de passar à frente no marcador, a maioria delas com Messi, mas não aproveitou.

O empate garantiu mais um jogo de invencibilidade aos blaugranas, agora faltam apenas três partidas para o Barcelona garantir o primeiro título invicto da sua história, e o primeiro no atual formato do Campeonato Espanhol, com 38 jogos. Os próximos jogos do Barça serão diante do Villarreal, em casa, na quarta-feira (9), depois viaja para enfrentar o Levante, no domingo (13), e termina a sua participação no Camp Nou, contra a Real Sociedad no dia 20 de maio. Podendo fechar a série invicta, e uma ÓTIMA temporada da equipe de Ernesto Valverde.