Samuel Umtiti: desacordo iminente

| Por Lui Chaves 

Será que mais uma vez teremos uma “joia” abandonando a disciplina ‘blaugrana” por desacordo financeiro entre as partes? Samuel Umtiti, com certeza uma das melhores contratações efetuadas pela atual administração do FC Barcelona, pode estar se transferindo para o Manchester United ao final da temporada. Segundo o “Diário Sport” - da Catalunha – o francês de 24 anos está pedindo um reajuste salarial acima do que o Barça está disposto a pagar, algo em torno de 8 milhões de Euros. A remuneração atual do zagueiro é de aproximadamente 4,5 milhões de Euros anuais e, mais uma vez, a direção culé acha um absurdo pagar o que outros clubes pagariam.

De olho no jovem jogador desde quando o mesmo ainda atuava no Lyon, José Mourinho monitora pessoalmente o enrosco entre os representantes de Umtiti e o Barcelona. Segundo informou o “Sport”, os ingleses estariam dispostos a pagar a multa de 60 milhões de Euros, e mais um salário de 9 milhões. Samuel Umtiti chegou a Catalunha em 2016 após o Barcelona pagar 25 milhões ao Lyon da França. Após uma temporada no clube, a dupla com Gerard Piqué tornou o zagueiro uma das peças fundamentais da engrenagem defensiva do time de Ernesto Valverde, que tem como uma das principais qualidades o setor defensivo.

Nascido no Camarões, onde atuou na seleção de base (sub-17), Umtiti demonstra uma habilidade incomum para jogadores de sua posição, e uma adaptação espantosamente rápida a um clube que tem um estilo de jogo único no futebol mundial. A suposta transferência do jogador cairia como uma bomba para uma diretoria com um histórico marcado pela dificuldade em comandar negociações cruciais. Outro jornal da Catalunha, agora o Mundo Deportivo, publicou uma matéria onde afirma que o clube já monitora três jovens promessas: Lenglet (Sevilla), Kehrer (Schalke) e Upamecano (RB Leipzig), um procedimento que deixa claro a iminente saída de Umtiti.

Só podemos torcer para que os boatos se mostrem falsos e infundados, pois recomeçar a busca por um bom companheiro para Piqué não é uma ideia que me agrade como fervoroso barcelonista que sou.