Empate de ouro em Londres


Mesmo dominando a partida grande parte do jogo, a equipe blaugrana sofreu para criar chances de gol

Assim como aconteceu em 2012, o Barcelona simplesmente dominou o Chesela, que ficou todo atrás, mas dessa vez a equipe inglesas foi muito bem defensivamente e conseguiu bloquear as jogadas do Barça, que quase não teve chances de gol.

Já os Blues, teve grandes chances, chegando a mandar duas bolas na trave com Willian, que de tanto tentar acabou acertando, o brasileiro fez 1 a 0 para o Chelsea aos 62 minutos.

Após o gol, o Barça seguiu dominando a posse, chegando a fica com 80% do tempo com a bola. Mas nada de criar chances, a melhor havia sido um lançamento de Leo Messi para Paulinho, que cabeceou pra fora. No outro lado o Chelsea chegava com perigo, principalmente em jogadas individuais de Hazard e Willian.

Lionel Messi foi a válvula de escape do Barcelona, mas o Chelsea de Conte sabia disso e ficava claro quando o argentino pegava na bola, sempre marcado por 2 ou 3 jogadores, e cada vez que se aproximava área o número de marcados aumentava. 

E o tempo foi passando e a nada mudava; Barça com a posse, mas sem conseguir finalizar no gol de Courtois, que pouco trabalhou na partida. A primeira defesa do goleiro belga só veio no segundo tempo em uma jogada de Suárez, que pouco apareceu na partida também.

E aos 75, aconteceu algo que ninguém esperava; um erro do Chelsea. Talvez era tudo o que o Barça precisasse naquele momento, um erro, apenas. Em uma saída de bola mal feita, Iniesta se adiantou e pegou a zaga da equipe londrina desprevenida e tocou Messi, que finalmente, marcou o seu primeiro gol contra o Chelsea. E era o fim de um tabu que já ia para o 9° jogo. 

Após o empate a partida não mudou muito, a equipe catalã seguiu dominando a posse, mas nada de levar perigo ao gol do Chelsea.

O empate foi importantíssimo para o Barça, um gol fora de casa nessa fase da competição é muito importante, no Camp Nou o Barcelona precisa apenas vencer por qualquer placar, ou segurar o 0-0.

A volta será no dia 14 de março, Valverde terá 4 jogos antes de voltar a enfrentar a equipe londrina e deve ter Dembélé 100% para a partida, o francês poderia ser uma peça fundamental no jogo de volta.