Coutinho marca primeiro gol pelo Barça e já tem uma final para disputar


| Por Diogo Braga
Com gols de Coutinho e Rakitic, o Barça vence Valencia e garante vaga na final da Copa do Rei pelo quinto ano consecutivo e vai em busca do 30ª titulo

Depois de uma primeira parte sem muitas chances, com apenas Messi levando perigo ao gol de Jaume, a equipe melhorou no segundo tempo com a entrada de Coutinho e vai à quinta final de Copa consecutiva

Valverde iniciou com um onze que quase todos esperavam, a única ausência que foi uma surpresa foi a de Coutinho, que teve Andre Gomes no seu lugar, e mais uma vez o português não mostrou porque está no Barcelona.

A primeira grande chance veio cedo, logo aos 9 minutos, com Messi cobrando falta, mas o goleiro Jaume evitou o gol do argentino.

Logo em seguida, aos 14, Rodrigo acertou a trave de Cillessen, que foi um dos protagonistas da partida. Rodrigo voltou a ter nova oportunidade de abrir o marcador, mas o goleiro holandês evitou o 1-0 para a equipe mandate.

Com o 0 a 0 no placar o Barcelona estaria classificado, mas Valverde não se mostrou satisfeito com o resultado e mudou logo no começo do segundo tempo, entrou Coutinho no lugar de Andre Gomes, e com 4 minutos de bola rolando o gol veio, o primeiro gol de Philippe Coutinho com a camisa blaugrana.

Luis Suárez fez ótima jogada pela lateral esquerda e cruzou para Coutinho fazer o 1 a 0 no Mestalla. Com o resultado, a equipe mandante agora precisava fazer 3 gols para se classificar.

Como não poderia ser diferente vale destacar os erros do árbitros, que como o Barcelona venceu ninguém vai lembrar muito, mas foram vários, desde faltas não marcadas até cartões não dados, como em um lance curioso que o jogador do Valencia praticamente tira a camisa de Messi e o árbitro nem falta marcou.

Mas voltando ao que interessa, mesmo precisando de gols, o Valencia só levou perigo em contra-ataques. O Barcelona continuou dominando a partida, aos 62, Messi voltou a fazer Jaume trabalhar, a bola ainda bateu na mão de Garay - mas já falamos sobre isso- e os jogadores pediram penalti, mas o árbitro ignorou.

Marcelino também resolver mufar o time, entrou Guedes e Soler aos 66. Com as alterações a equipe melhorou e levou mais perigo ao gol do Barça, mas um homem estava lá: Jasper Cillessen.

Aos 74, Guedes deixou Roberto pra traz e cruzou para Soler, que deu bom passe para Gaya na pequena área, que quase sozinho chutou, mas Cillessen fez uma defesa espetacular e evitou o empate.

Aos 82 o Barça fez o segundo com Rakitic, após mais uma assistência de Luis Suárez.

Além do gol, Rakitic fez uma das melhores partidas da temporada, o croata recuperou bastantes bolas e não cometeu tantos erros, como vem acontecendo. Suárez e Cillessen foram os grandes nomes da partida.

Na partida ainda tivemos a estreia de Yerry Mina, que entrou no lugar de Piqué nos últimos minutos.

O Barcelona disputará a final contra o Sevilla, o jogo será dia 21 de abri. Horário e local ainda serão definidos. 

A próxima partida do Barça será no domingo, contra o Getafe, pelo 23ª rodada da La Liga.