O raio-x da "contratação" de Antoine Griezmann


| Por Lui Chaves 

Após a saída de Neymar para o PSG, em agosto do ano passado, muitas especulações começaram a circular pelos Jornais esportivos do Mundo inteiro. Pra quem é torcedor blaugrana, foi desgastante a janela de transferências de meados de 2017. Todos os dias as mesmas manchetes: "fulano de tal está fechado com o Barça, é apenas questão de horas para o anúncio oficial". Essa frase - em especial - era utilizada quase que diariamente pelos veículos espanhóis. Se o clube tivesse contratado 10% dos jogadores que a imprensa europeia afirmara que "estavam fechados", não haveria armários suficientes nos vestiários do Camp Nou e, provavelmente, Josep Maria Bartomeu teria investido mais de 1 bilhão de Euros em reforços. Em meio a tanta busca por 'likes' e 'vews', uma especulação ganhou força, e, poderíamos inclusive promove-la a notícia: a suposta contratação de Antoine Griezmann pelo FC Barcelona.
No dia 20 de Julho de 2017 o Jornal 'Marca' de Madrid noticiava: "Griezmann entra na lista de possíveis substitutos de Neymar". A essa altura a saída do brasileiro ainda não era oficial, porém, a transferência era iminente. Segundo reportagem do referido meio de comunicação, o Barcelona passava a considerar o francês por ter o conhecimento de que o jogador já havia manifestado a vontade de deixar o clube da capital. A multa rescisória, que naquele momento era de 100 milhões de euros, também fazia do meia atacante colchonero uma opção mais acessível, tendo em vista que o Liverpool nem se quer se dispôs a ouvir a proposta blaugrana

Apenas três dias depois, no dia 2 de Agosto, o Diário 'AS' publicava a seguinte manchete: "A sincera mensagem do Barcelona ao Atlético em relação a Griezmann". A matéria do jornalista Miguel Rubio, dava conta de uma suposta ligação feita pelo presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, ao presidente do Atlético de Madrid, Enrique Cerezo. Segundo Miguel, o mandatário blaugrana teria entrado em contado com Cerezo para tranquilizar a direção colchonera, já que os mesmos estavam sob punição da FIFA e não poderiam efetuar contratações por pelo menos seis meses. No mesmo artigo o jornalista revela que a multa de Griezmann havia saltado de 100, para 200 milhões de euros; como um mecanismo de segurança presente no contrato do jogador por conta da sanção. Nem a diretoria do Barcelona, tampouco a do Atlético, comentaram sobre as notícias.
Ao fim do período de transferências, com a contratação de Dembélé e a decepção pela não aquisição de Coutinho, as especulações deram lugar as críticas a direção do clube. Coisas como as contratações de Paulinho e a repatriação de Deulofeu, não foram bem aceitas por imprensa e torcida, que não pouparam palavras para detonar os responsáveis pelos reforços e pela saída de Neymar. 

A volta dos rumores
As especulações reapareceram no dia 02 de Outubro de 2017, quando o jornal catalão, 'Mundo Deportivo', publicara em seu site oficial: "Griezmann, a opção número um do Barça para a janela de verão". Na matéria realizada em parceria por Fernando Polo e Sergi Solé,  os jornalistas afirmam ter fontes confiáveis que confirmam que o francês seria o principal foco do time catalão, mas que Robert Fernandéz - diretor Blaugrana - ainda não havia desistido de Philippe Coutinho. Ainda de acordo com a publicação, os representantes do jogador já teriam tudo apalavrado com o Barcelona, e a transferência do francês para a Catalunha passava longe de ser apenas especulação. Naquele momento, ninguém dava muita importância para esse tipo informação, pois, foram exageradas as veiculações feitas pelos periódicos na janela que se fechara em Agosto, o que descredibilizava qualquer um que tentasse levar uma notícia de possíveis contratações blaugranas

Esfriou
'Diário Gol', 30 de Novembro de 2017: "Em uma negociação relâmpago, Griezmann informa a diretoria 'Rojiblanca' que deixará o clube após o Mundial da Rússia". Segundo o redator Marc Güell, Antoine Griezmann informara a direção do Atlético que não seguiria no Wanda Metropolitano, e que já teria destino definido para após a Copa do Mundo. A matéria conta que o Francês já teria um pré-acordo com o Manchester United da Inglaterra, o que teria bagunçado a cabeça dos barcelonistas. O fato é que um dia após a publicação, clube e jogador desmentiram o acordo, e o Atlético afirmou não ter recebido nenhum contato de Griezmann. 

Acordo iminente
A grande manchete do dia 17 de Dezembro de 2017 - 14 dias antes da abertura da janela internacional - foi a do Diário 'Mundo Deportivo': "Bartomeu se reuniu com a família de Griezmann". Como poucos sabem, a irmã de Antoine Griezmann, Maud Griezmann, é a responsável por gerir a carreira do atleta. Sendo assim, o jornalista Miguel Rico afirma que o presidente culé, Josep Bartomeu, se reunira com Maud em Barcelona para tratar dos detalhes contratuais e, inclusive, das questões particulares para a o traslado da família. Rico deixa claro na matéria, que o Barça teria o francês como objetivo para a temporada 2018-19, e que para a janela de inverno o foco seria Coutinho e Mina (o que de fato aconteceu). Para reforçar a tese, o jornalista catalão relembra que a multa do camisa "7" conchonero voltará a ser de 100 milhões de euros após o término da atual temporada, o que deixaria a contratação muito mais viável. 

A evidência final
"Coutinho usará a 14, e a 7 ficará reservada para Griezmann". Assim publicou o Diário 'Mundo Deportivo' após o Barcelona ter anunciado que Philippe Coutinho usaria a lendária camisa "14" de Johan Cruyff. O jornalisna Fernando Polo afirma que, segundo fontes dentro do FC Barcelona, a camisa "7" seria uma exigência do francês Antoine Griezmann, e que por isso, a mesma ficaria reservada para o craque. Pelo o que conta o jornalista, o acordo com o atacante do Atlético de Madrid já estaria fechado, e após a Copa do Mundo, Griezmann se tornará o mais novo jogador do Barça.

Visão geral
Está claro: 80% do que é publicado pela imprensa esportiva mundial, não passa de especulação. Mas não podemos ignorar a linha do tempo do "caso Griezmann". Não á como negar as semelhanças com contratações que foram concretizadas. A transferência de Neymar para o Paris Saint Germain, é bom um exemplo disso. Tudo começara meses antes do acordo ser oficializado. Rumores davam conta de que Neymar 'Pai' já negociava o acerto do filho com o time francês. Na medida em que as evidências iam crescendo e as especulações ganhavam força, se esperava uma posição oficial dos envolvidos; algo que só aconteceu quando tudo já estava concretizado. A situação Barça-Griezmann não tem a mesma repercussão, mas a falta de declarações oficiais das duas partes, dão a sensação de que tudo que se é publicado pela mídia impressa, e falado pelos telejornais esportivos, seja verdade.Vale lembrar que, alguns fortes rumores apareceram em relação a possível chegada de Mesut Özil ao Barcelona, algo rapidamente abafado pela falta de evidências reais.  Por isso eu, como um torcedor e alguém que segue qualquer notícia divulgada à respeito do Barça em todo mundo, vos digo: analisando os fatos, Antoine Griezmann será jogador do FC Barcelona após a Copa do Mundo da Rússia. Se essa será ou não uma contratação coerente levando em conta os jogadores disponíveis no atual elenco, isso sim é algo discutível; mas ao que parece, a chegada do francês é questão de meses.