Seis meses do histórico 6x1

| Por Lucas Santos
Há meio ano o Barça fazia 6x1 contra o PSG no Camp Nou, protagonizando umas das maiores viradas da história do futebol

O jogo de volta da Liga dos Campeões pelas oitavas de final, disputado no dia 8 de março, representava uma missão impossível para o time dirigido por Luis Enrique. No primeiro jogo dessa fase, o Barça havia sido goleado por 4x0 pela equipe do PSG. No jogo de volta só uma noite histórica faria com que o clube catalão avançasse para as quartas de final.

Eis que naquela noite no Camp Nou o Barça entrou totalmente inspirado e ousado. Logo aos 2 minutos de jogo, Luis Suárez abriu o placar. Perto do fim do primeiro tempo, Iniesta tocou de calcanhar para a areá e o defensor da equipe francesa ajudou o Barça marcando contra. O que parecia inimaginável começou a ser sonhado quando logo no início do segundo tempo Lionel Messi ampliou o placar para 3 a 0.

Três gols em oito minutos

A euforia dos jogadores e da torcida no Camp Nou, no entanto, foi abalada com o gol de Cavani para os parisienses. Aquele gol desanimou todos os torcedores e os jogadores, mesmo assim algo movia nossos craques à continuar tentando a virada. O Barça tinha apenas 28 minutos para fazer mais 3 gols.

Eis que a estrela de Neymar começou a brilhar aos oito minutos finais do jogo. Na maior atuação de sua carreira pelo clube, o brasileiro liderou a virada impossível marcando 2 gols e dando um passe para Sergi Roberto fazer o gol do milagre, faltando apenas 30 segundos para o fim dos acréscimos. Foi o final perfeito para uma noite histórica. Desde então, a palavra "impossível" não existe mais no dicionário barcelonista.