Barcelona é derrotado pelo Real Madrid e se complica na decisão da Supercopa da Espanha


| Por Renato Kubaszewski
Merengues levam a melhor e superam a equipe Blaugrana por 3 a 1 com grande superioridade na primeira partida da final

Estreando na temporada oficial já decidindo a Supercopa da Espanha contra o Real Madrid, o Barcelona recebeu os Merengues em casa no Camp Nou e foi derrotado pelo placar de 3 a 1. Após gol contra de Piqué, Messi ainda empatou com gol de pênalti, mas Cristiano Ronaldo e Asensio definiram o placar da partida e a grande vantagem da equipe de Madrid.

Na primeira partida do Barcelona na temporada a equipe de Valverde começou com seu time principal. Agora sem Neymar, o técnico começou a partida com Deulofeu e enfrentou o Real Madrid sem Cristiano Ronaldo que começou no Banco e também desfalcado de Modric que cumpriu suspensão.

Tendo grande desvantagem de 3 a 1 em casa, o Barcelona agora precisa reverter o placar e vencer o Real Madrid por três gols de diferença para vencer a Supercopa, ou então devolver os 3 a 1 para decidir nos pênaltis. A partida de volta será na quarta-feira (16), às 18h, onde as duas equipes jogarão no Santiago Bernabeu.

Primeiro tempo sem gols e poucas chances

Com um começo de partida bastante calmo com mais toque de bola do que oportunidades criadas, as duas equipes começaram ainda num ritmo lento e sem muita movimentação.

A primeira chance mais perto de gol foi com Messi cobrando falta aos 24min, depois de ser derrubado por Sergio Ramos e Bale. O argentino cobrou e a bola raspou o travessão do goleiro Navas.

Apesar da falta de criação de jogadas e com a partida muito apática, o Barcelona dominou a posse de bola com 60% até os 35min de partida. Só aos 36min o Real Madrid teve a sua primeira oportunidade clara.

Depois de grande jogada de Isco, a equipe Merengue quase abriu o placar da partida. Com o meio campo fazendo boa jogada pela esquerda, o espanhol cruzou para a área e Bale chegou batendo de primeira e obrigando Stegen a fazer grande defesa.

Assim com uma chance para cada lado e o Real Madrid tendo a melhor oportunidade da partida, o primeiro tempo terminou equilibrado e empatado em 0 a 0, com as duas equipes deixando um pouco a desejar.

Com um segundo tempo cheio de gols, Merengues superam Catalães

Entrando na segunda etapa com mais força, o Real Madrid forçou a defesa do Barça pela esquerda e logo aos 5min. Depois de Marcelo cruzar a bola rasteira para dentro da área, Piqué tenta afastar de carrinho e acaba jogando para dentro do próprio gol, sem dar chances para Stegen salvar.

O Barcelona responde logo em seguida com Deulofeu. Depois de cruzamento de Vidal, a bola sobrou para o atacante que chutou forte e a bola passou por todo mundo na área.

No lance seguinte novamente o Real Madrid sufoca o Barcelona. Benzema invade a área e cruza para Carvajal pela direita. O lateral chega chutando e Jordi Alba salva a bola em cima da linha. Quase o segundo gol dos Merengues.

Cristiano Ronaldo que entrou no segundo tempo, também teve sua chance aos 26min da segunda etapa. O português chegou a marcar seu gol, mas o juiz assinalou impedimento.

Aos 30min, o Barça voltou a atacar e, na tentativa de Suárez, o uruguaio caiu na área antes de dividir com Navas e o juiz marcou pênalti. Messi se encarregou da cobrança e empatou a partida para o Barcelona.

Demorou apenas 3min e o Real Madrid voltou a estar na frente do marcador. Após contra-ataque do time Merengue, Cristiano Ronaldo recebe na ponta da área, balança pra cima de Piqué e manda uma bomba no ângulo de Stegen. Sem chances pra o goleiro do Barça e 2 a 1 para Madrid.

Aos 36min, Cristiano caiu depois de dividida com Umtiti e o árbitro marcou simulação do português que recebeu cartão amarelo. Como já havia recebido cartão amarelo depois de tirar a camisa ao comemorar seu gol, o atacante foi expulso da partida.

Já nos minutos finais, o Barcelona tentava empatar a partida para não ter um resultado tão ruim, mas o Real Madrid deu o golpe final. Aos 45min, Asensio aproveitou mais um ótimo contra-ataque do Real Madrid e definiu o jogo. O atacante recebeu pela esquerda e soltou uma bomba de longe, no ângulo direito de Stegen. Novamente o goleirão do Barça não teve o que fazer. 3 a 1 para o Real Madrid, que foi muito superior ao Barça e leva grande vantagem para o Bernabeu.