Barcelona confirma que não pagará bônus de 26 milhões euros a Neymar

Clube pagaria valor pela renovação do contrato, mas jogador descumpriu o acordo

O porta-voz do FC Barcelona, Josp Vives afirmou nesta sexta-feira (04) que o clube catalão não pagará o bônus de 26 milhões de euros que deveriam ser pagos pela renovação de Neymar.

No acordo, Neymar pai receberia 26 milhões de euros pela renovação de Neymar Jr, mas com a saída do brasileiro, o clube considera que o acordo não foi cumprido e por esse motivo não pagará: "O jogador não cumpriu as condições combinadas com o clube. Diante disso, não vamos pagar o bônus de renovação. Na verdade, o cheque depositado no cartório já está em posse do clube outra vez", disse Vives.

O porta-voz do clube também falou da saída do jogador, "Qualquer separação gera um desgosto, ainda mais uma separação não desejada pelo clube, depois de decisão unilateral do jogador".

Josep explicou que o jogador não foi transparente na sua decisão: "Desgostoso pela decisão e também pela forma. Não é só questão de conteúdo, mas também de forma", especificou. Vives criticou que Neymar não "teve posição mais clara, transparente e mais sincera".

Ainda sobre a saída de Neymar, Vives afirmou que o clube está acostumado com essas situações: "Não é a primeira vez que vivemos uma situação como esta. O clube continuou, cresceu e se tornou mais universal", comentou em referência aos casos de Diego Maradona, Romário, Ronaldo e Luis Figo, por exemplo.