Barça perde o segundo jogo e Real Madrid conquista a Supercopa da Espanha


Barcelona joga mal e vê Real Madrid ganhar o segundo El Clasico seguido e conquistar titulo da Supercopa da Espanha

Se existe uma maneira péssima de iniciar a temporada para o Barcelona, a maneira é essa. O clube catalão perdeu os dois primeiros jogos, para o maior rival que ainda foi campeão em cima da equipe catalã.

O técnico Ernesto Valverde tentou inovar o Barcelona e iniciou o jogo no 3-5-2, com um trio formado por Piqué, Mascherano e Umtiti na zaga, além do português André Gomes como novidade na vaga de Iniesta. Não deu certo: o Real Madrid teve mais posse de bola no primeiro tempo (54% a 46%) e o Barça, sufocado, só conseguiu chutar uma vez a gol.

Bastaram três minutos para o Real abrir o placar. Asensio, encaixou um chute colocado na entrada da área e o goleiro Ter Stegen apenas olhou enquanto a bola entrava no ângulo. Benzema complicou de vez a vida do Barcelona aos 38: depois de Busquets ser desarmado, Marcelo cruzou na área e o atacante francês aproveitou um cochilo de Umtiti para dominar e chutar girando, sem chances para Ter Stegen.

Valverde abandonou o 3-5-2 no início do segundo tempo, trocando Piqué pelo lateral-direito Semedo, e o Barcelona até ocupou melhor o campo de ataque ao se armar com duas linhas de quatro. Só que parecia menos mérito do Barcelona e mais devido ao comportamento do Real, que aproveitou a vantagem de 5 a 1 no placar agregado para esperar no campo de defesa e explorar os contra-ataques.

Em uma dessas subidas rápidas à frente, aos nove minutos, o Real chegou perto de fazer o terceiro com Benzema. O francês tabelou com Asensio, entrou na área pelo lado esquerdo e encheu o pé. Ter Stegen defendeu com o ombro, meio no susto. Aos 40, em jogada semelhante, o lateral-esquerdo Theo Hernández chegou à pequena área com liberdade, mas finalizou mal.