De virada e com dois de Messi, Barcelona vence o Eibar, mas vê o Real Madrid ficar com o título


| Por Renato Kubaszewski
Recebendo o Eibar na última rodada do Campeonato Espanhol, Barcelona vence de virada pelo placar de 4 a 2, mas é o Real Madrid quem se consagra campeão espanhol

Nesta tarde de domingo (21), o Barcelona recebeu no Camp Nou a equipe do Eibar, pela última rodada do Campeonato Espanhol de 2016/17. Depois de sair perdendo por 2 a 0, com gol contra de David Juncá, Suárez e dois de Messi, o Barcelona conseguiu a virada para 4 a 2 e venceu a partida. Porém mesmo com a vitória, o Barcelona não conseguiu o título, que ficou com o Real Madrid depois de vencer o Málaga por 2 a 0. A partida de hoje também foi a última partida de Luis Enrique sob o comando do Barça no Campeonato Espanhol.

Com a vitória, o Barcelona foi para 90 pontos e 28 vitórias na liga, mas ficou com a segunda posição, já que o Real Madrid venceu o Málaga por 2 a 0 e se tornou campeão espanhol com 93 pontos e 29 vitórias na temporada.

Agora que a La Liga de 2016/17 chegou ao fim, o Barcelona ainda tem apenas uma partida a fazer na temporada, a última de Luis Enrique como treinador do Barcelona. A última partida do Barça será justamente a final da Copa do Rei, que será no sábado dia 27, às 16h30, no Estádio Vicente Calderón, aonde o Barcelona irá enfrentar o Alavés. Será a última chance do Barça de conquistar algum título nesta temporada.

Eibar faz 1 a 0 e leva vantagem para o intervalo

O Eibar começou com ritmo forte contra o Barcelona, pressionando bastante na marcação. Sem dar espaço para o Barça tocar a bola na defesa, o Eibar pressionou e conseguiu chegar ao primeiro gol de surpresa logo no início.

Aos 6min da primeira etapa, a bola vem cruzada pela direita e Inui aparece dentro da área para finalizar no gol de Stegen. A bola ainda bate no travessão e entra, sem chances para o goleiro alemão. 1 a 0 para o Eibar com gol do japonês.

Depois do gol sofrido, o Barcelona precisava da virada para ser campeão espanhol, mas também torcia para a virada do Málaga, já que o Real Madrid havia feito 1 a 0 no início da partida. A equipe de Luis Enrique foi pra cima do Eibar e pressionou pelo empate.

Por diversas vezes os catalães ficaram no quase e chegavam muito perto de empatar a partida, mas sempre parava no goleiro Yoel ou então desperdiçavam as chances colocando para fora.

Com o controle da partida na posse de bola e no campo de ataque, o Barça tinha 73% da posse de bola, porém ainda perdia a partida por 1 a 0. E foi com esse placar que o juiz terminou o primeiro tempo. O Eibar levou 1 a 0 a seu favor para o intervalo.

Eibar faz 2 a 0, mas Barça vira e garante a vitória por 4 a 2

Assim como no primeiro tempo, o Barça voltou para a segunda etapa criando muitas chances e perdendo gol atrás de gol, sempre perto de empatar a partida, mas desperdiçando chances.
Depois de Messi perder um gol feito aos 10min, o Eibar respondeu e ampliou o placar de partida, de novo com Inui. Depois de contra-ataque do Eibar e mais um cruzamento vindo da direita, mais uma vez Inui pegou de primeira e mandou uma bomba no ângulo de Stegen. A bola de novo toca no travessão e morre no fundo das redes, muito parecido com o primeiro gol, o Eibar abria 2 a 0 sobre o Barça.

Dois minutos mais tarde, aos 17, o Barcelona descontou. Em linda jogada de Messi, o argentino tocou para Neymar que finalizou e acertou a trave. A bola voltou e bateu no joelho do lateral Juncá, entrando no gol do Eibar. 2 a 1 para os visitantes.

E o Barcelona continuou atacando e tentando o empate. Até que aos 23min do segundo tempo Jordi Alba caiu sozinho na área e o juiz marcou pênalti para o Barcelona. Messi se encarregou de cobrar e mandou um foguete no lado esquerdo do goleiro. Yoel fez uma linda defesa incrível para salvar o empate do Barça. Foi o primeiro pênalti que Messi perdeu na temporada.

Aos 27min, em escanteio para o Barcelona. A bola é levantada na área, Paco Alcácer desvia para trás e Suárez chega empurrando com as travas da chuteira. Era o empate do Barcelona. 2 a 2 contra o Eibar.

E um minuto mais tarde, o Barcelona conseguiu outro pênalti. Capa derrubou Neymar na área e o juiz marcou pênalti. O lateral recebeu o segundo amarelo e foi expulso da partida.

Na cobrança, Messi pegou a bola de novo e bateu forte no mesmo lugar, o goleiro ainda encostou na bola, mas dessa vez não conseguiu defender. 3 a 2 para o Barcelona e o 36º gol de Messi no campeonato, artilheiro isolado.

O Barcelona continuou atacando e pressionando, cresceu muito na partida depois do segundo gol e ficou ainda com mais espaço depois da expulsão de Capa.

No último minuto do tempo regulamentar, Messi marcou seu segundo gol e fechou a virada com chave de ouro. Depois de pegar a bola no meio de campo, Messi dribla e passa no meio de dois para avançar até a área.

Chegando na área o argentino deixa mais um para trás e limpa mais dois marcadores. Com o gol aberto Messi só tem o trabalho de chutar firme de direita e tirar do goleiro Yoel. Um golaço!

Foi o segundo gol de Messi na partida, o 37º no campeonato e o 4 a 2 para fechar a vitória do Barcelona. Porém mesmo com a vitória de virada, o título ficou com o Real Madrid que venceu o Málaga por 2 a 0. O Barcelona é o vice-campeão espanhol de 2016/17.