Déjà-vu: Barcelona é derrotado pela Juventus e precisa fazer história de novo

| Por Renato Kubaszewski
Depois de perder por 4 a 0 para o PSG e reverter com um 6 a 1 na partida de volta, o Barcelona enfrentou a Juventus em Turim e foi derrotado pelo placar de 3 a 0

Nesta terça-feira (11), às 15h45, o Barcelona foi até a Itália para enfrentar a Juventus, em Turim, no Juventus Stadium, na partida de ida das quartas de final da Champions League. Com um grande primeiro tempo da Juventus, a equipe da casa dominou o Barcelona e com dois gols de Dybala abriu 2 a 0 antes do intervalo. O Barcelona melhorou bastante no segundo tempo, mas parou na forte defesa da Juventus, que ainda fechou o placar da partida em 3 a 0 com um gol de Chiellini. Com sensação de déjà-vu depois de ter sofrido 4 a 0 para o PSG na partida de ida das oitavas, o Barcelona precisa de novo de uma virada histórica para se manter na competição.

Depois de remontada e classificação histórica contra o PSG nas oitavas de final da Champions League, aonde o Barcelona venceu os franceses com o placar inacreditável de 6 a 1, a equipe de Luis Enrique ia para a partida contra a Juventus muito empolgado e confiante.

Ainda na briga pelo Campeonato Espanhol, o Barcelona sofreu derrota contra o Málaga neste último sábado (08) e ia para a partida contra a Juventus em Turim desfalcado de Busquets. O volante do Barcelona foi suspenso depois de receber seu terceiro cartão amarelo na partida de volta contra o PSG.

Dybala brilha e Juventus abre 2 a 0 no primeiro tempo

Com excelente começo de partida da Juventus, a equipe italiana encurralou o Barcelona no campo de defesa e com uma marcação muito forte mostrou que a partida seria complicada para o time catalão.
Logo aos 6min de partida, Cuadrado recebeu a bola na linha de fundo, invadiu a área e achou Dybala livre de marcação. Rodeado de quatro jogadores do Barça, o atacante chutou com tranquilidade e achou o canto direito de Ter Stegen, 1 a 0 para a Juventus em belo gol do jovem argentino.

Mesmo depois do gol, a Juve continuou em cima e pressionando o Barcelona, não deixando os culés jogarem com a forte marcação. Mas aos 20min, Messi domina na intermediária e dá um passe mágico entre as pernas do adversário para encontrar Iniesta saindo por trás da zaga e ficando de cara com Buffon. O capitão do Barça tentou colocar no canto esquerdo do goleirão italiano, mas parou na grande defesa da lenda Buffon.

Depois do milagre feito por Buffon, a Juve respondeu com Mandzukic puxando o ataque dos italianos. O atacante cruzou para a área e a bola desviou na defesa do Barcelona. Dybala, que vinha entrando na área, recebeu livre e chutou forte no canto de Stegen, marcando seu segundo gol na partida e ampliando o placar para os donos da casa.

O Barça viu a Juventus abrir 2 a 0 e se abalou bastante no restante da primeira etapa. Sentindo como se houvesse um déjà-vu, a equipe catalã relembrou a situação do 4 a 0 sofrido contra o PSG. Mas antes do intervalo, o Barcelona ainda teve mais uma boa oportunidade com Suárez. Aos 38min, Suárez recebeu cruzamento de Mathieu e desviou de cabeça, a bola bateu em Chiellini e saiu pela linha de fundo. Buffon, que já estava batido, só viu a bola sair e respirou e fundo.

Barcelona melhora na partida, mas Juventus faz 3 a 0 e fecha o placar

Voltando muito melhor do intervalo, o Barcelona começou a pressionar a Juventus e chegar perto do gol. Criando mais chances e com Messi buscando mais jogadas, o time de Luis Enrique parecia ter outra postura e correr atrás do resultado.

Porém, a Juventus conseguiu responder com Higuain, obrigando Ter Stegen a fazer grande defesa. E, mais tarde, a Juventus marcou o seu terceiro gol e deu um banho de água fria no Barcelona. Aos 9min do segundo tempo, depois de cobrança de escanteio Chiellini disputou com Mascherano dentro da área e ganhou do argentino, conseguindo escorar de cabeça e colocar a bola no canto de Ter Stegen.

Depois de sofrer o terceiro gol no seu melhor momento da partida, o Barcelona desanimou um pouco, mas voltou ao ataque minutos mais tarde. De novo em grande jogada de Messi, o argentino deixou Suárez na cara de Buffon. O uruguaio chutou buscando o canto e viu o goleiro italiano desviando para escanteio.

Aos 23min do segundo tempo, Neymar arriscou chute na entrada da área e na tentativa de impedir o chute, Chiellini dá um carrinho e espalma a bola com o braço. O árbitro não marcou nada e mandou o lance seguir.

O Barcelona continuou pressionando a Juventus e tentou de tudo para descontar a partida e levar um resultado menos pior para a Espanha, mas não conseguiu. A Juventus começou a controlar o seu bom resultado e junto da sua forte marcação, garantiu a vitória com o placar final em 3 a 0.

Barcelona perde por 3 a 0 e precisa de outra grande remontada

Com a derrota dura por 3 a 0 para a Juventus, o Barcelona precisa agora vencer na partida de volta pelos mesmos 3 a 0 para levar a decisão aos pênaltis. Ou então golear a Juventus por 4 a 0 para garantir a classificação direta e avançar a semifinal da competição.

Depois de reverter um 4 a 0 para o PSG, aonde venceu por 6 a 1 no Camp Nou, o Barcelona precisa mais uma vez mostrar que tudo é possível e provar que é o melhor time do mundo.

A partida de volta entre Barcelona e Juventus será na próxima quarta-feira (19), às 15h45, aonde o Barça receberá a Juve no Camp Nou. Antes disso, o Barcelona volta a campo no próximo sábado, às 15h45, aonde enfrentará o Real Sociedad no Camp Nou, ainda brigando com o Real Madrid pela liderança do Campeonato Espanhol.