Barcelona sai na frente, mas sofre a virada e perde para o City de Guardiola

| Por Renato Kubaszewski

Jogando na Inglaterra, time espanhol sai na frente com gol de Messi, mas sofre a virada no segundo tempo e vê o Manchester City vencer por 3 a 1

Na tarde desta última terça feira (01), às 17h45, o Barcelona entrou em campo para enfrentar o Manchester City, pela quarta rodada da Champions League. Líder do grupo C, o time espanhol viajou à Inglaterra para enfrentar o City, time do seu ex técnico Guardiola, no Etihad Stadium. Apesar de o Barcelona sair na frente com gol de Messi, os ingleses buscaram o empate e conseguiram virar a partida com gols de Gündogan (duas vezes) e De Bruyne, garantindo a vitória dos Cityzens pelo placar de 3 a 1.

Com alguns desfalques importantes em relação ao último duelo, onde o Barça venceu o City por 4 a 0 no Camp Nou, hoje a equipe de Luis Enrique não contava com Piqué e nem Iniesta. Em cinco confrontos entre Barcelona e City, os espanhóis possuíam o esmagador resultado de cinco vitórias contra os ingleses. Se o Barcelona vencesse este jogo, iria para 12 pontos no grupo C, abrindo oito pontos de vantagem para o City e garantindo a classificação como primeiro lugar do grupo.

Messi abre o placar, mas Gündogan empata no final do primeiro tempo

O jogo começou e o Barcelona já buscava criar chances, tocava mais a bola e parecia começar melhor. Aos 9min, Sterling caiu na área pedindo pênalti e o juiz marcou simulação do atacante inglês, que foi punido com cartão amarelo. Lance que gerou polêmica.

O Barça continuava buscando oportunidades, até que aos 21min o primeiro gol do jogo saiu. Depois de a bola sobrar com Suárez, o uruguaio tocou para Neymar que disparou puxando o contra-ataque pela esquerda. O brasileiro chegou até próximo a área e tocou no meio para Messi, o camisa 10 se livrou de David Silva e só teve o trabalho de tocar no canto direito de Caballero.

Com o placar a seu favor, o Barcelona tomou conta do jogo de vez, dominando a posse de bola e criando boas oportunidades. Mas aos 39min, em um passe errado de Sergi Roberto, o City chegou ao empate. O lateral do Barcelona tentou um passe apertado para o meio da área, Aguero se antecipou e ficou com a bola para acionar Sterling. O inglês recebeu dentro da área e cruza para Gündogan completar para o gol.

Com o empate o jogo mudou totalmente e o City cresceu muito na partida. Aos 41min, dois minutos depois do gol, o City quase chega ao gol da virada. Em ótima jogada de Fernandinho e David Silva, o brasileiro chuta pra fora e desperdiça ótima chance para os cityzens.

Barcelona não segura a pressão do City e sofre a virada no jogo

Na volta do intervalo o City começa com tudo pressionando o Barcelona. Logo no primeiro minuto Sterling desperdiça ótima chance de gol, no lance seguinte foi a vez de Aguero chutar com perigo e a bola passar perto do gol de Stegen.

A pressão dos ingleses era tanta que a virada veio. Aos 5min Busquets comete falta em David Silva na meia lua da grande área. De Bruyne cobrou com categoria e marcou um belo gol para virar a partida.

E mesmo depois do gol da virada, o City continuou atacando o Barcelona e criando oportunidades claras uma atrás da outra. Foram inúmeras as chances criadas pelo time de Guardiola, enquanto o Barcelona se encontrava apagado no jogo, sem criar nada.

Aos 19min do segundo tempo foi a primeira chance do Barcelona na segunda etapa. Em contra-ataque do Barcelona, Suárez dá linda caneta em Stones e passa para André Gomes, que sozinho, chuta forte no travessão de Caballero. Ótima chance desperdiçada pelo meia português.

Depois de De Bruyne acertar a trave em mais uma boa jogada, o terceiro gol do City finalmente saiu. Aos 28min da etapa final, o time inglês rouba a bola na defesa e Aguero puxa mais um ótimo contra-ataque. O argentino aciona De Bruyne que toca para Navas, o espanhol se estica para alcançar a bola e cruza na área. A bola bate no braço de Aguero e sobra Gündogan marcar seu segundo gol n partida e sacramentar a vitória dos Cityzens por 3 a 1. Apesar de a bola bater no braço de Aguero, o juiz não marcou nada. Lance muito reclamado pelos culés.

Pós-jogo

Com a vitória por 3 a 1, o City subiu para 7 pontos e se manteve na vice-liderança do grupo C, ainda atrás do Barcelona que se manteve com 9 pontos. No outro jogo do grupo, o Borussia Mönchengladbach, jogando na Alemanha, recebeu o Celtic e ficaram apenas no empate por 1 a 1. O Borussia fica em terceiro do grupo com 4 pontos e o Celtic é o lanterna com 2 pontos.

Na próxima rodada, a penúltima na fase de grupos da Champions League, o Barcelona viaja à Escócia para enfrentar o Celtic no estádio Celtic Park. O jogo será no dia 23 de novembro, às 17h45. O Barça volta a campo de novo só no domingo (06/11), às 17h45, quando enfrentará o Sevilla em jogo bastante complicado no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán.