Ter Stegen: sem medo, sem humildade

| Por Marcelo Bechler
As críticas foram pesadas no domingo a noite em Barcelona para o goleiro Marc Andre Ter Stegen. A partida contra o Celta foi transmitida pelo canal Movistar Plus e no momento do quarto gol do time de Vigo, quando o Barcelona pressionava para empatar depois de estar perdendo por 3 a 0, os comentários foram os mais duros possíveis.

Michael Robinson disse que o goleiro “não era nem a metade do que se achava” e completou dizendo que “pensa que é o Garrincha”. Outros meios de comunicação também foram impiedosos com o alemão.

Ter Stegen foi a escolha do Barcelona para o gol nesta temporada. Entre ele e Claudio Bravo, com 33 anos, o clube pensou no futuro. Hoje, Ter é bom goleiro, mas não tem medo. É auto-confiante para tentar qualquer jogada em uma posição em que o erro deve ser zero.

Um pouco de medo não faz mal a ninguém. Assim como um pouco de humildade.