O impacto do Barça em Barcelona


Via Mundo Deportivo, traduzido por GABRIEL MANHÃES 

Que Barcelona é uma das capitais culturais do mundo não é novidade pra ninguém. Muitos também já devem ter ouvido dizer que o museu do FCB é, dentre museus de Picasso, Gaudí, Goya e outros, o mais vistado da pessoa.

Em uma grandíssima estratégia de marketing do clube em parceria com a Nike, fornecedora de material esportivo oficial da entidade, quando qualquer pessoa sai do museu, de cara já entra na loja oficial do Camp Nou. E lá se vai um chaveiro, um boné, uma camisa do Messi ou do Neymar Jr, euros, euros e euros.

Com base nisto e alguns outros elementos, o Colegio de Economistas da Catalunha junto com a empresa especializada em assessoria financeira Deloitte, em conferência na capital catalã divulgaram ontem o resultado de um estudo feito sobre o impacto do Barcelona na cidade.

E os números são assustadoramente incríveis: €906 milhões.
Vamos simplificar, isso representa 1,5% do PIB da cidade.
O que significa que a cada 1 euro gasto pelo Futbol Club Barcelona, produz um retorno de 2,3 euros no produto interno bruto da cidade de Barcelona.

Susana Monje, vice presidente do Barça diz que "a contribuição do FCB para a socidade ate do ponto de vista econômico é digna de estudo, pois é resultado de um modelo de gestão baseado na sustentabilidade, rigor e globalização". E completa, a política "Think globally, act locally" (pense globalmente, atue localmente) foi estudada na Universidade de Harvard.

Tudo isto prova que há uma relação simbiótica entre o clube, fundado por um imigrante suíço e que carrega as cores da bandeira da Catalunha em seu escudo, e a cidade de Barcelona.

Barcelona e Futbol Club Barcelona na maioria das vezes se misturam. E sim, é para se misturar, pois este clube, mais que qualquer outro exemplo, imprime de forma tão lúcida o que é uma região.