Argentina pode tentar pressionar Messi a voltar antes da hora




Por Paulo Meneses 

O péssimo início da Argentina na fase de classificação para a Copa do Mundo de 2018, que acontecerá na Rússia, tem se tornado uma pressão para Messi na recuperação de uma ruptura parcial de ligamentos no joelho esquerdo.

O prazo de 2 meses de baixa estipulados pela equipe médica do Barcelona vence justamente na semana do grande clássico espanhol no Santiago Bernabéu, coincidindo também com uma semana de jogos importantes para a Argentina, que só somou 1 ponto em 2 jogos até agora nas eliminatórias. A esperança da seleção Albiceleste é de uma recuperação milagrosa para que seu principal jogador volte no confronto diante do Brasil, na Argentina e da Colômbia, fora de casa. Um desejo que acaba conflitando com o prazo e os planos do clube Blaugrana, que teme uma lesão ainda mais grave do jogador.

Messi está focado na sua recuperação sem marcar futuros objetivos. Ainda que a pressão vinda da AFA pelo temor de ficar de fora de uma Copa do Mundo desde de 1970 seja grande, para Leo ainda restariam 14 rodadas da eliminatórias para recuperar os pontos com a sua seleção (contando que a argentina tropece nos 2 próximos jogos).

Tanto a AFA quanto o Barcelona ainda guardam silêncio, esperando os próximos acontecimentos. Caso haja uma contraposição explicita das duas partes, o Barcelona pouco teria o que fazer, já que a AFA é amparada pela FIFA para exigir a disponibilidade do seu jogador e no pior dos casos, examina-lo por conta própria.

Fonte: Mundo Deportivo