Presidente do Barça renuncia, mas será um dos candidatos em Julho



Depois de renovar contrato com o técnico Luis Enrique e os jogadores Jordi Alba, Pedro e Daniel Alves, o presidente Josep Maria Bartomeu anunciou sua renúncia ao cargo de mandatário do Barcelona. No entanto, Bartomeu vai tentar seguir como candidato nas eleições antecipadas para julho. Em uma entrevista coletiva, nesta terça-feira, o presidente fez o anúncio e um balanço de seu mandato.

Bartomeu estava à frente do Barcelona desde 2014, quando foi eleito por uma junta de diretores depois da renúncia de Sandro Rossel, por conta de irregularidades na contratação de Neymar. De lá pra cá, o mandatário, também acusado no "Caso Neymar", teve que administrar essa crise política. Além disso o presidente precisou cuidar de um possível desentendimento entre o técnico Luis Enrique e os jogadores. No fim de tudo, Bartomeu viu o clube conquistar o triplete nesta temporada, segundo da história do Barça.

Bartomeu falou que quer manter o Barça liderando o futebol mundial: "Eu defenderei meu modelo, porque eu acredito que o Barça precisa continuar crescendo e liderando o futebol mundial", disse o ex-presidente do Barcelona em seu twitter.

O presidente também disse que usará sua conta no twitter para atualizar suas propostas de campanha: "A partir de hoje, através desta conta do twitter vou atualizar minhas propostas como candidato à Presidência"