| PRÓXIMO JOGO








Quem tem Messi, tem tudo!


| Por Igor Túllio 

Camisa 10 salva um ponto importante na briga pelo título contra o Valencia

Voltando as atenções para o campeonato espanhol depois de conseguir virar o duelo na copa e já sabendo do confronto na semi contra o Real (próximo jogo, no dia 6 de fevereiro às 18 horas); o Barça recebeu o Valencia pela 22ª rodada buscando se distanciar dos concorrentes ao título.


O time valenciano soube jogar com o que tinha, ou seja, com os poucos espaços, com o Barcelona em cima e em contra-ataques; e abriu o placar em um lance que teve na sua origem uma polêmica por parte da arbitragem: em um dos seus contra-ataques, Rodrigo deixa Gameiro na cara do gol e ele bate forte para ganhar de Ter Stegen (o goleiro já tinha salvado um gol em uma grande defesa no início do jogo), mas no começo do lance do gol Messi foi derrubado na entrada da área adversário e o juiz mandou seguir. O 2 a 0 vem em um pênalti cometido por Sergi Roberto (que jogou o primeiro tempo na lateral esquerda com Semedo na sua posição habitual) que Parejo bate bem e converte.

Ainda no primeiro tempo, em outra jogada polêmica, Semedo é derrubado na área e é marcado pênalti para o Barça. Se o juiz não marca o pênalti, Messi tinha feito um golaço no decorrer do lance; mas ele mesmo converteu a penalidade e diminuiu a vantagem. Minutos depois Messi enfia uma grande bola para Sergi Roberto, ele entra na área e acerta a trave. No fim da etapa ainda ocorreu um lance incrível, Rakitic faz um maravilhoso lançamento para Léo, livre na pequena área, que bate de primeira mas o bola vai para cima do gol.

Com o revém no intervalo, Valverde volta para o segundo tempo com uma alteração cruciais: Alba, que estava no banco, entra no lugar de Semedo e Sergi Roberto volta para a sua lateral. Parece que para o time jogar bem precisamos de Jordi Alba, ele sabe como ninguém apoiar pelo lado esquerdo, sem falar no seu entrosamento com Messi. Aleña fez de novo um bom jogo (saiu no segundo tempo para a entrada de Arthur) e Rakitic parece estar na sua melhor forma tecnicamente.

Já no segundo tempo, depois de 15 minutos de ataques incisivos do time catalão, aos 18 Messi faz seu segundo no jogo (21 no espanhol) e garante o empate. Depois não conseguimos criar nada realmente importante para virar o jogo e assim conseguimos sair de campo com mais um ponto. Agora é torcer para os adversários diretos não se saírem bem na rodada e pensar no Real pela copa.


VEJA MAIS

Com grande jogo coletivo, Barça vira em cima do Sevilla e avança na Copa


| Por Igor Túllio 
Coutinho (dois gols), Rakitic, Sergi Roberto, Suárez e Messi marcam em grande jogo do time catalão



Estávamos precisando de um jogo desse, tanto para passar de fase (depois de perder por 2 a 0 no jogo de ida), quanto para mostrar que conseguimos jogar bem coletivamente, ainda mais em uma partida de vida ou morte. O time soube jogar desde o primeiro minuto, foi encurralando o adversário mas sem deixar espaços. O que animou a virada foi o primeiro gol saindo bem cedo: Messi é derrubado na área e Coutinho converte o pênalti em uma grande cobrança na “bochecha” da rede. Mas logo depois Piqué faz um pênalti em Mesa, até certo ponto duvidoso pois no início da jogada não dá para cravar com certeza que o jogador não estava impedido; enfim, Banega bate e Cillessen vai buscar em seu canto esquerdo (jogada da partida, pois com um 1 a 1 nesse momento do jogo a história poderia ser outra).


Grande destaque desse jogo pode ser resumido no meio campo: Arthur, Rakitic e Busquets fizeram um grande jogo e isso se provou até com gol. No segundo gol, Arthur faz uma bela enfiada de bola que coloca Rakitic cara a cara com o goleiro, o croata simplesmente raspa na bola para dentro do gol. O gol da virada (da classificatória) vem em um cruzamento de Suárez para Coutinho um pouco depois da marca do pênalti, onde o brasileiro manda de cabeça para o gol e o goleiro Soriano falha não conseguindo fazer coisa melhor do que colocar a bola para seu próprio gol. Messi, em uma partida até certo ponto apagada, aparece no gol do – primeiro – alívio; recebe a bola na lateral, leva até a área (já cercado por três adversários) e entrega para Sergi Roberto marcar o quarto gol.


Nosso goleiro depois de salvar o pênalti no primeiro tempo, sai errado e entrega o gol que deu um certo ânimo para o adversário. Arana pega um lindo chute e coloca 4 a 1 no placar. O gol do segundo – e agora definitivo – alívio vem com Suárez em um contra-ataque. Para fechar o resultado, Messi (que minutos antes tinha perdido um gol incrível) deixa sua marca em um outro maravilho contra-ataque puxado desde o campo de defesa.






VEJA MAIS

Sem Messi e Busquets, Barça perde o jogo de ida das quartas da copa do rei por 2 a 0 em Sevilla


| Por Igor Túllio 

Em dia de estreia de Boateng, Valverde não apresenta nada de novo taticamente e Barcelona não consegue jogar

Talvez no jogo mais importante da semana, Messi e Busquets são deixados de fora da convocação - o primeiro já tinha sido resguardado no jogo de domingo do Espanhol onde só entrou no segundo tempo. Sem eles e com a mesma mentalidade do técnico, o barça não consegue jogar, cria poucas chances (e quando as cria desperdiça) e volta para casa com a situação muito difícil para chegar na semi.

Parece que Ernesto Valverde se preocupa somente em trocar as peças mas não o esquema. Todos sabem que é preciso rotacionar o elenco, ainda mais se tratando de jogadores com mais idade, mas em um jogo importantíssimo para o sucesso da temporada - e também para emprego do técnico - nada muda taticamente e o time fica mais uma vez dependente de brilhos individuais.

O melhor lance catalão no jogo foi uma enfiada de Arthur para Malcom onde esse sai cara a cara com o goleiro, dribla para esquerda, mas não consegue finalizar no gol. O camisa 14 mais uma vez não teve uma boa partida; muito tímido em alguns momentos, afobado em outros, ele não consegue mostrar o real motivo de não ter ido para Itália. Já o camisa 8 teve uma boa partida, conseguiu tocar bem a bola e fazer o que sabe de melhor: cadenciar - talvez algo pouco efetivo para sair com a vitória hoje.

Em sua estreia, Kevin-Prince Boateng não conseguiu impor seu jogo. Jogando no lugar de Suárez (que entrou no segundo tempo na vaga no próprio ganês) ele tentou várias vezes de pivô e até voltou para construir jogadas, mas com um Barcelona desinteressado não realizou nenhum grande lance. Junto com o uruguaio entrou Coutinho (na vaga de Malcom) para desespero dos culés, sem jogar como na época de Liverpool, o brasileiro ainda errou no campo de ataque no início da jogada que resultou no segundo gol do Sevilla; sem falar na chance desperdiçada logo quando ele entra em um chute dentro da área

Agora é conseguir fazer um bom jogo no Camp Nou mesmo com essa desvantagem. Mas com certeza teremos Messi desde o primeiro minuto em campo e isso já abre boas chances para o time como um todo. O jogo da volta será daqui uma semana, no dia 30 de janeiro, às 18:30 no horário de Brasília.



VEJA MAIS

Frankie De Jong é do Barcelona



O FC Barcelona chegou a um acordo com o Ajax, e Frankie De Jong jogará no clube catalão na próxima temporada

O valor oficial da transferência ainda não foi divulgado, mas a imprensa afirma que o Barça deve pagar cerca de 85 milhões de euros pelo meia holandês.

De Jong deve assinar pelas próximas 5 temporadas.


VEJA MAIS

Barcelona teria fechado acordo com Ajax, e De Jong deve assinar pelo clube catalão


As principais rádios de Barcelona afirmam que há um acordo Barça-Ajax pelo jovem jogador

Depois de vários rumores, parece que finalmente a novela Frenkie De Jong chegará ao fim.

A Catalunya Rádio afirma que o representante do jogador já avisou ao City e ao PSG que o jogador será do FC Barcelona. Outra rádio importante na Catalunha, a RAC1, afirma que o Barcelona deve pagar cerca de 80 milhões de euros pelo jogador.



VEJA MAIS

Lesionado, Dembélé deverá ficar de fora por 15 dias



| Por Luis Veras 

Francês se lesionou na partida contra o Leganes

Jogador teve uma entorse no tornozelo mas aparentemente nada muito grave. Os médicos do clube preveem sua volta em 15 dias.

Com isso, o jogador ficará de fora dos confrontos pela Copa do Rei contra o Sevilla (23/01 e 30/01), além de perder os jogos contra Girona (27/01) e Valencia (03/02).

Se a recuperação atender às expectativas, o camisa 11 voltará a campo no dia 10/02 contra o Athletic Bilbao no San Mamés.

VEJA MAIS

Com gols de Dembélé, Suárez e Messi, Barça vence Leganes


| Por Igor Túllio 

Barça  sofre empate, mas garante vitória com gols de Messi, Suárez e Dembélé

Depois de toda a novela sobre a ida ou não do Barça para as quartas de final da copa do rei (algo que agora já está definido, e nessa próxima quarta-feira às 18:30, no horário de Brasília, iremos enfrenta o Sevilla fora de casa) voltamos a jogar pelo campeonato espanhol contra o Leganés, inicialmente buscando manter a vantagem de 5 pontos para o Atlético e de 10 para o Real (agora terceiro colocado); mas também em busca de tentar resguardar o elenco para os próximos jogos que estão por vir.

A partir desse panorama geral duas coisas, que se complementam, ficaram claras nesse jogo: a falta de capacidade de definir jogos que estão até certo ponto fáceis e a grande dependência do nosso camisa 10.

Começamos o jogo sem Léo Messi, que ficou no banco até os 15 do segundo tempo, mas para contar a história do jogo precisamos dividir ele em sem e com Messi.

Sem: O que vinha sendo Dembelé ou Coutinho, hoje foram os dois ao mesmo tempo, mas claramente o francês mostrou porque vinha sendo o titular de Valverde, ele foi o nome do primeiro tempo e a partir disso conseguiu abrir o placar com uma boa jogada que começou na zaga; já o camisa 7, depois de uma ótima atuação no domingo passado, voltou a ter um jogo apático e sem brilho. Uma boa surpresa foi Aleña que jogou no lugar do Rakitic e conseguiu fazer a bola rodar e mostrar que tem capacidade para ser um bom reserva. Mas apesar do grande primeiro tempo do camisa 11, o Barça saiu de campo com só 1 a 0 no placar; e no início da segunda etapa leva o empate em uma das poucas subidas do Leganés. Vale ressaltar a volta de Vermaelen que teve uma partida sólida, até porque não teve dificuldade imposta pelo oponente.

Com: Já com a entrada do 10 o time começa a jogar melhor, criar mais espaços e com poucos passes, a envolver o time adversário. O 2 a 1 vem com um belo chute da entrada da área de Messi onde o goleiro vai buscar mas no rebote Suares faz o dele. O terceiro gol é Dele, com uma bela tabela com Alba (que já tinha dado a assistência para o gol de Dembelé) Messi faz seu gol 401 na história do campeonato espanhol e o 18 dessa temporada - artilheiro do campeonato e primeiro lugar na busca da chuteira de ouro.

Agora o Barça mantém a vantagem sobre seus adversários, conseguiu descansar alguns jogadores como: Messi, Rakitic, Lenglet e Vidal e já pensa no jogo da copa do rei. Uma nota triste foi a lesão do Dembelé que foi substituído por Malcom, mas ainda sem notícias sobre o que ocorreu.





VEJA MAIS

Piqué deve se aposentar em 2020 e concorrer à presidência do clube



Xavi, Iniesta e Puyol devem fazer parte dos planos do zagueiro

Segundo o jornal 'Mundo Deportivo', o zagueiro catalão decidiu que irá se aposentar em 2020, e deve se candidatar à presidencia do FC Barcelona, que tem eleções em 2021.

O jornal catalão ainda revela alguns planos de Piqué, como presidente, o jogador poderia convidar uma dupla de idolos do clube par ao corpo tecnico e Puyol para a diretoria do clube.
VEJA MAIS

Barcelona estaria mais perto de comprar De Jong

O jornal catalão 'Mundo Deportivo' afirma que o clube chegou a fazer uma oferta ao Ajax

Segundo o jornal 'Mundo Deportivo', o jogador holandês já conhece a oferta do clube catalão, que negocia com o Ajax.

Segundo o jornal, as negociações estão fluindo e parecem estarem um bom caminho para que o meia jogue na Catalunha na próxima temporada.

Mas a contratação não será fácil, De Jong é um jogador concorrido no mercado, e o Barcelona terá que superar ofertas de clubes como City e PSG, além da Juventus que também estaria interessada no jovem jogador.

O valor minimo da transferência do jogador seria de 70 milhões de euros, mas como deve acontecer uma especie de 'leilão', o valor pode acabar sendo muito superior a isso.


VEJA MAIS

SEVILLA 2-2 BARCELONA



Barcelona sai atrás, mas com gols de Messi e Suárez nos últimos minutos conseguem empate e segue invicto na La Liga.

TITULARES TITULARES
Sergio
Kjaer
Lenglet
Banega
Correa
Nzonzi
Navas
Escudero
Muriel
Vázquez
Mercado
Ter Stegen
Roberto
Piqué
Umtiti
Alba
Rakitic
Iniesta
Paulinho
Coutinho
Dembélé
Suárez
RESERVAS RESERVAS
Soria
Layún
Carriço
Arana
Pizarro
Nolito
Ben Yedder
Cillessen
Semedo
Denis
Messi
Alcácer
Gomes
Vermaelen










VEJA MAIS


| INSTAGRAM