| PRÓXIMO JOGO








Empate de ouro em Londres


Mesmo dominando a partida grande parte do jogo, a equipe blaugrana sofreu para criar chances de gol

Assim como aconteceu em 2012, o Barcelona simplesmente dominou o Chesela, que ficou todo atrás, mas dessa vez a equipe inglesas foi muito bem defensivamente e conseguiu bloquear as jogadas do Barça, que quase não teve chances de gol.

Já os Blues, teve grandes chances, chegando a mandar duas bolas na trave com Willian, que de tanto tentar acabou acertando, o brasileiro fez 1 a 0 para o Chelsea aos 62 minutos.

Após o gol, o Barça seguiu dominando a posse, chegando a fica com 80% do tempo com a bola. Mas nada de criar chances, a melhor havia sido um lançamento de Leo Messi para Paulinho, que cabeceou pra fora. No outro lado o Chelsea chegava com perigo, principalmente em jogadas individuais de Hazard e Willian.

Lionel Messi foi a válvula de escape do Barcelona, mas o Chelsea de Conte sabia disso e ficava claro quando o argentino pegava na bola, sempre marcado por 2 ou 3 jogadores, em e cada vez que estava mais perto da área o número de marcados aumentava. 

E o tempo foi passando e a nada mudando; Barça com a posse, mas sem conseguir finalizar no gol de Courtois, que pouco trabalhou na partida. A primeira defesa do goleiro belga só veio no segundo tempo em uma jogada de Suárez, que pouco apareceu na partida também.

E aos 75, aconteceu algo que ninguém esperava; um erro do Chelsea. Talvez era tudo o que o Barça precisasse naquele momento, um erro, apenas. Em uma saída de bola mal feita, Iniesta se adiantou e pegou a zaga da equipe londrina desprevenida e tocou Messi, que finalmente, marcou o seu primeiro gol contra o Chelsea. E era o fim de um tabu que já ia para o 9° jogo. 

Após o empate a partida não mudou muito, a equipe catalã seguiu dominando a posse, mas nada de levar perigo ao gol do Chelsea.

O empate foi importantíssimo para o Barça, um gol fora de casa nessa fase da competição é muito importante, no Camp Nou o Barcelona precisa apenas vencer por qualquer placar, ou segurar o 0-0.

A volta será no dia 14 de março, Valverde terá 4 jogos antes de voltar a enfrentar a equipe londrina e deve ter Dembélé 100% para a partida, o francês poderia ser uma peça fundamental no jogo de volta. 








VEJA MAIS

CHELSEA 1-1 BARCELONA


Barcelona sai atras e busca o empate com Messi quebrando tabu contra o Chelsea.


TITULARES TITULARES
Courtois
Moses
Rüdiger
Azpilicueta
Christensen
Alonso
Willian
Cesc
Kanté
Pedro
Hazard
Ter Stegen
Roberto
Piqué
Umtiti
Alba
Paulinho
Rakitic
Busquets
Iniesta
Messi
Suárez

RESERVAS RESERVAS
Caballero
Cahill
Zappacosta
Drinkwater
Odoi
Giroud
Morata



Cillessen
Digne
Dembélé
Vermaelen
Gomes
Vidal
Denis









VEJA MAIS

Ele não para! Lionel Messi quebra mais um recorde europeu


O camisa 10 blaugrana superou o tcheco Bican e agora é o maior goleador por um único clube europeu

Com o gol marcado na vitória do Barcelona sobre o Chelsea, Lionel Messi chegou a marca de 335 gols pelo FC Barcelona e quebrou mais um recorde europeu.

Com 535 gols com a camisa do Barcelona, Lionel Messi superou Josef Bican, com 534 gols pelo Slavia Praga, e se tornou o jogador com mais gols por um único clube europeu.

Leo Messi agora vai atrás do recorde mundial, que pertence a Pelé, que marcou 634 gols oficiais pelo Santos. Difícil, mas não impossivel para o argentino.


VEJA MAIS

Seis anos de amadurecimento: Barcelona v Chelsea pelas oitavas da Champions League


| Por Vitor Magalhães 

Nesta terça, dia 20, o FC Barcelona entre em campo pela primeira partida das oitavas de final da UEFA Champions League, o adversário é um velho conhecido que está engasgado desde 2012, o Chelsea FC. O último encontro entre as duas equipes pela Champions não traz boas lembranças aos culés, depois de uma vitória magra por 1-0 na Inglaterra, o Chelsea arrancou um empate dolorido no Camp Nou, que lhe garantiu uma vaga na final daquele ano e, culminou com o primeiro e único título da equipe na competição.

Segundo a UEFA, nos dois jogos daquela semifinal, a equipe inglesa teve ao todo 33 minutos de posse de bola (aproximadamente ⅓ de uma partida). Mas esse curto período de tempo foi suficiente para marcar três gols que eliminaram o Barcelona na ocasião. O Chelsea tinha duas características importantes na época: uma defesa extremamente forte, e ótimas saídas em contra-ataques. Na atual temporada o time londrino ocupa a 4° colocação na Premier League e mantém uma defesa sólida, a segunda melhor da competição (atrás apenas do Manchester United), com 23 gols sofridos em 27 partidas disputadas. Outro dado importante que devo ressaltar, é que o Chelsea marcou a maioria dos seus gols no ano entre os minutos 76’ e 90’, ou seja, o time continua sendo perigoso nos minutos finais, assim como em 2012.


Revanche Blaugrana

Quase 6 anos depois os times se reencontram em um mata-mata, como da última vez, o clube catalão terá a vantagem de decidir a vaga para a próxima fase em casa, mas com um diferencial, o Barcelona conquistou um amadurecimento enorme e sabe que terá que trazer um resultado positivo de Londres, para ter uma missão mais tranquila na Catalunha.

O Barça tem a melhor defesa da competição, sofreu apenas 1 gol. O ataque é um pouco menos eficiente até o momento (9 gols marcados), mas no espaço de tempo entre o fim da fase de grupos e o início dos mata-matas o rendimento dos jogadores melhorou consideravelmente. Atualmente o Barcelona possui um elenco mais goleador, Suarez vem fazendo toda a diferença para a equipe na temporada. O uruguaio bateu um recorde pessoal e chegou a marcar pelo 8° jogo seguido na La Liga, a fase é espetacular e deve fazer toda a diferença na Champions.

Ainda contamos com Coutinho, que começou sua caminhada no clube e é outro reforço importante dentro e fora de campo. O brasileiro jogou por anos no Liverpool e está acostumado a enfrentar o Chelsea, sabe o estilo de jogo dos ingleses melhor do que qualquer outro jogador do elenco e se vier a jogar poderá criar boas oportunidades, além de poder ajudar os companheiros com instruções fora de campo.


A (r)evolução de Messi

Messi é outro jogador, o argentino que perdeu um pênalti naquela partida em abril de 2012 está mais experiente, evoluiu ainda mais seu futebol e principalmente sua mente. Naquele ano, Messi marcou 91 vezes e tornou-se favorito a levar sua quarta Bola de Ouro, mesmo tendo ganho apenas a Copa do Rei. De lá para cá, Messi disputou 3 finais com a seleção argentina, é verdade que perdeu as 3, mas isso o fez mais forte. Basta olharmos para a última rodada das eliminatórias da Copa do Mundo; indiscutivelmente a melhor atuação individual de um jogador no ano, 3 gols que deram a vaga no mundial para a Argentina.

Messi sabe que está suscetível a erros e derrotas, e por isso fará tudo o que puder para evitar esse desfecho. Em 2018, o argentino não é o mesmo, Messi não repetiu os 91 gols, porque o Barcelona não precisa mais que ele faça isso sozinho.

Com um elenco mais qualificado a seu redor, o argentino continua com o papel de protagonista, mas agora pode dividir as responsabilidades com mais companheiros. É impressionante como ele evoluiu e adaptou seu jogo, como mesmo com o passar dos anos ele consegue manter o alto nível de rendimento físico e mental, sem falar que psicologicamente ele é mais forte que há 6 temporadas. — às vezes, tenho a impressão de que nem o tempo poderá derrotar Messi —.

A prova disso, é que o Barcelona perdeu apenas uma partida na temporada. No campeonato espanhol são 24 jogos, 19 vitórias e 5 empates, a melhor campanha da história do clube. O Barcelona está 7 pontos à frente do Atlético de Madrid (2°), e a 17 pontos do Real Madrid (4°). Messi marcou 20 gols até o momento, é o artilheiro isolado do campeonato, seguido pelo companheiro Suarez (17). Além de ser o maior goleador do time na temporada, ele assumiu mais ainda a função de cérebro da equipe, Messi continua pensando e executando com uma precisão singular. O Barcelona vai com fome de vitória para a Inglaterra, e é bom os ingleses irem se preparando, Messi não aceitará um fracasso nessa fase da competição, já que estamos em ano de Copa do Mundo, o argentino vai fazer o impossível – ele é especialista nisso –, para continuar jogando a maior competição europeia até a grande final.

Vamos Culés

Na história da Champions estão registrados 12 jogos entre as duas equipes, sendo 3 vitórias do Barcelona, 4 vitórias do Chelsea e 5 empates. Cada time marcou 18 gols nas doze partidas. Apesar do retrospecto favorável aos ingleses, o momento de melhor rendimento é do Barcelona, a equipe blaugrana tem tudo para virar as estatísticas a nosso favor.

Agora as equipes voltam a se encontrar, pela temporada que vem fazendo o Barcelona ganha novamente o status de favorito, mas dessa vez sabe que precisa ter a frieza e a pontualidade certas para eliminar os ingleses. O primeiro jogo será em Stamford Bridge do dia 20/2 e o jogo da volta será realizado no Camp Nou em 14 de março, ambos às 16h45, horário de Brasília.

A ansiedade já vem tomando conta dos torcedores ao redor do mundo, que querem devolver o favor e eliminar o Chelsea. – Para mim não há um adversário melhor para começar o mata-mata –, com o triunfo no confronto, o Barcelona elevará sua moral e seguirá firme em direção ao 6° título da Champions.

Visca el Barça!



VEJA MAIS

Barça para na goleira e sofre derrota para o Athletic


Jogando em casa contra o atual quarto colocado da La Liga feminina, Barça domina mas sofre gol no final

Mesmo dominando a partida desde o primeiro minuto as blaugranas não conseguiram superar a goleira Ainhoa.

A primeira chance veio aos 4 minutos, com Martens tentando de fora da area, mas acabou saindo muito forte e foi pra fora.

Toni Duggan também teve ótima chance de marcar, mas a bola saiu por pouco aos 9 minutos. A inglesa voltou a ter outra grande chance, após jogada de Martens aos 24, mas parou na goleira.

Aos 30, foi a vez de Alexia tentar, mas bola mais uma vez não entrou, dessa vez parou na trave.

Duggan e Martens foram os grandes detaque do jogo, a Holandesa voltou a fazer grande jogada aos 40, dando bom passe pra Duggan que não conseguiu finalizar.

No final do primeiro tempo Sandra Panos evitou o gol do Athletic após finalização de Erika.

O segundo tempo começou já com o Barça pressionando, com Duggan, mais uma vez, parando na goleira Ainhoa.

Mesmo dominado, a equipe catalã acabou sofrendo o gol; aos 75 Lucia fez 1 a 0 para o Athletic.

Aos 83, o Barça ficou no quase novamente, dessa vez a goleira Ainhoa defendeu o cabeceio de Martens. Ainhoa ainda salvou aos 90.

Com a derrota, o Barça com 50 pontos fica em segundo, atrás do Atletico de Madrid, com 51 pontos. Na próxima rodada, o Barcelona pega o Valencia.





VEJA MAIS

Todas informações de Chelsea vs Barcelona




Todas informações de Chelsea vs Barcelona pela Champions League 2017/18: Data, horário, local, competição, transmissão na TV e Links ao vivo.....................................................................................................
HORÁRIO 16h45
DATA 20/02/2018
TRANSMISSÃO Globo e Esporte Interativo
LOCAL Stamford Bridge
COMPETIÇÃO Champions League - 8ª 
LINKS LINK 1 LINK 2 LINK MOBILE
VEJA MAIS

Barcelona vence o Eibar fora de casa e iguala recorde histórico do clube de 31 jogos sem perder na La Liga


| Por Vitor Magalhães 

Antes de enfrentar o Chelsea fora de casa pelas oitavas de final da Champions League, a equipe catalã vence o Eibar no Ipurua

Hoje foi dia de assistir ao Barcelona entrar em campo pela 24ª rodada da La Liga, 3 dias antes do primeiro jogo contra o Chelsea no Stamford Bridge, em Londres. O clube catalão enfrentou a forte e arrumada equipe do Eibar fora de casa, e venceu por 0-2 no acanhado Estádio Municipal de Ipurua; uma vitória que precisa ser valorizada por dois motivos. 

O primeiro é a manutenção da vantagem sobre o Atlético de Madrid que é de 10 pontos, pelo menos até amanhã, quando o time da capital entra em campo. O segundo motivo é que o Eibar é 7° colocado no campeonato, está lutando por vaga em competições europeias e já tirou pontos de times como o Valencia (3° colocado), além do que a defesa da equipe é a 2ª que menos sofre finalizações na Europa, atrás apenas do Manchester City nesse quesito.


Pouco espaço x Precisão

O jogo começou com uma temperatura mínima de 6°C na região do modesto Estádio Municipal de Ipurua que tem capacidade para 7 mil torcedores e estava lotado. A equipe da casa tratou de aquecer as coisas dentro de campo, o Eibar subiu a marcação e deixou claro que seria um daqueles jogos onde o Barcelona seria forçado a sair de suas características ou executá-las de forma mais arriscada. Logo no primeiro minuto de jogo o time roubou uma bola e chegou assustando com uma boa cabeçada do lateral esquerdo José Ángel.

Os 10’ seguintes foram de pressão do time da casa, o Barcelona flertou por vezes com os erros de passe que geraram contra-ataques perigosos para o Eibar, que empurrado por sua torcida chegava perigosamente aos domínios catalães. Com 12’ o adversário já contabilizava 6 chegadas perigosas ao gol de Ter Stegen. Um detalhe importante é que o gramado do estádio local é “apertado”, o que não ajuda muito a característica de troca de passes laterais dos culés, que por vezes tiveram que se reinventar na partida de hoje.

O jogo se desenhava difícil até o minuto 16, quando Lionel Messi – sempre ele –, deu um passe milimétrico, (daqueles de video-game) para Luisito Suárez driblar o goleiro Dmitrovic e abrir o marcador 0-1. Dois minutos mais tarde veio a resposta; um dos principais destaques da equipe do Eibar, o lateral direito Orellana, arriscou um belo chute de fora da área e carimbou o travessão blaugrana. Outro detalhe importante de ser citado é que o primeiro tempo do Eibar foi melhor taticamente, o time local teve 53% da posse de bola na etapa inicial, fato que qualquer torcedor do Barcelona saberá reconhecer como impressionante, já que o Barça é a equipe que sempre prioriza mais a posse de bola.

Na segunda etapa dois fatos mudaram a partida, o primeiro foi a entrada de Coutinho no lugar de Iniesta, aos 63’. Pouco tempo depois, Paulinho que não estava na sua melhor condição física saiu para a entrada de Vidal, que teve boa participação. Aos 66’ o segundo fato veio à tona, o grande destaque dos mandantes, o lateral Orellana, recebeu o segundo amarelo por jogar a bola para longe depois de uma falta e foi expulso. Alívio para o Barça, e principalmente para Jordi Alba que sofria bastante com as subidas do chileno ao ataque.

Depois da expulsão o Barcelona retomou a posse de bola e controlou a partida, por vezes teve chance de contra-ataque no 1x1, mas não soube aproveitar a maioria delas. Aos 88’ Coutinho na esquerda recebeu passe de Alba e virou o jogo para Aleix Vidal que de primeira jogou a bola para Messi dentro da área, o argentino finalizou em cima do goleiro Dmitrovic, mas no rebote Jordi Alba marcou o seu 2° gol no campeonato e o 0-2 para o Barcelona na partida.

Resultado

O Barcelona conseguiu uma vitória importante para o andamento do campeonato. Depois de dois empates em uma sequência de 3 jogos difíceis na última semana, o time catalão abriu 10 pontos de vantagem para o Atlético de Madrid que terá que vencer um jogo complicado contra o Athletic Bilbao na capital amanhã, para devolver para 7pts a vantagem blaugrana. 

Messi está voando, apesar de não aumentar sua média pessoal contra o Eibar, 12 gols em 6 partidas (sem contar o jogo de hoje), o argentino participou ativamente do resultado e dos dois lances de gol, além de ter criado várias outras oportunidades que não foram aproveitadas. Messi foi um maestro em campo, acelerava quando precisava acelerar e segurava a equipe quando era necessário, e com uma assistência perfeita para o companheiro e amigo L. Suárez, foi decisivo no momento mais complicado do jogo. O time chegou aos 31 jogos sem derrota na competição e igualou o recorde da equipe de Pep Guardiola na temporada 2010/11.

Agora o Barcelona descansará e viajará para Londres onde encara o Chelsea pela Champions League na terça-feira (20), o time que começará o jogo provavelmente será o mesmo que iniciou a partida de hoje contra o Eibar, e bom, se soubermos jogar contra a pressão e com a precisão e habilidade que foram demonstradas hoje, a equipe inglesa tem sérios problemas com os quais se preocupar.

VEJA MAIS

Os gols de Eibar 0-2 Barcelona



Com gols de Luis Suárez e Jordi Alba, Barcelona vence o Eibar pela 24ª rodada do Campeonato Espanhol e mantém os 7 pontos de vantagem sobre o Atlético de Madrid.


VEJA MAIS

EIBAR 0-2 BARCELONA



Com gols de Luis Suárez e Jordi Alba, Barcelona vence o Eibar pela 24ª rodada do Campeonato Espanhol e mantém os 7 pontos de vantagem sobre o Atlético de Madrid.


TITULARES TITULARES
Dimitrovic
Rubén Peña
Ramis
Arbilla
Angel
Dani
Diop
Orellana
Jordán
Inui
Kike
Ter Stegen
Roberto
Piqué
Umtiti
Alba
Busquets
Iniesta
Rakitic
Paulinho
Messi
Suárez
RESERVAS RESERVAS
Riesgo
Escalante
Capa
Charles
Alejo
Leon
Lomban

Cillessen
Semedo
Digne
Mina
Coutinho
Vidal
Dembéle






VEJA MAIS

Três jogos que podem decidir a La Liga feminina


As blaugranas terão uma seqsequên de jogos decisivos nas próximas semanas

O FC Barcelona é o atual líder da La Liga feminina, a equipe catalã está nesse momento com 50 pontos, dois a mais do que o Atlético de Madrid, que é o segundo colocado.

Na próximas semanas as blaugranas terão três jogos complicados pela frente, e os três mais que decisivos, especialmente o último jogo da sequência.

O primeiro desafio das blaugranas será o Athletic Bilbao, que é o atual terceiro colocado na La Liga, o jogo será em casa, no domingo, dia 18.

Depois de enfrentar o Athletic, o Barça terá outra pedreira pela frente: Valencia, atual quarto colocado, é uma das equipes com melhor futebol da La Liga feminina. O Barça pega o Valencia fora de casa, no dia 25 de fevereiro.

E por último, o confronto que realmente deve definir o campeonato: Atlético de Madrid, o atual vice-líder, caso não tropece contra o Valencia e Athletic, esse jogo será fundamental para encaminhar o título da La Liga, podendo abrir 5 pontos de vantagem em caso de vitória. O jogo deve ser disputado no inicio de março.

A equipe catalã ainda terá outros desafios pela frente, depois de enfrentar o Atlético de Madrid, a equipe enfrenta o Huelva pela La Liga feminina e depois enfrentará o Lyon pela UEFA Champions League, o que deve ser o jogo mais complicado da temporada, já que a equipe francesa é uma das melhores equipes do planeta.





VEJA MAIS


| INSTAGRAM