| PRÓXIMO JOGO








Messi não deve voltar à seleção, seria um erro!



No Barcelona a carreira de Messi é brilhante, uma cria das canteras acostumado a ser amado. Em compensação, na seleção argentina Leo sempre foi o "cara que precisava chegar no Maradona", mesmo sendo infinitamente mais relevante para a história do futebol. A camisa albiceleste traz um peso que o maior jogador da história do Barcelona não precisa - e não deve - carregar sozinho, isso  é sobre-humano. Uma nação apaixonada por futebol, que acredita que Messi é um "pecho frío", e passa muito longe de ser quem eles gostariam que fossem. Talvez Messi não tenha encontrado o pó de onde veio Maradona, por isso a diferença.  

Após a Copa da Rússia Messi resolveu se afastar da AFA, entendendo que era hora de descansar desse imenso desgaste, afinal, o mundial eliminou o restante da energia do astro. Em 128 jogos com a camisa '10' dos hermanos, Leo anotou 65 gols, se tornando o maior goleador da história da seleção. Chegou com a seleção principal em 2 finais de Copa América e 1 final de Copa do Mundo, falhando em ambas. No entanto, a responsabilidade foi só dele? A realidade mostra que não, a maioria dos argentinos entende que sim. 

A verdade é que a seleção da Argentina é um fardo que Messi tentou carregar, mas uma ideia errada de que só porque é craque tem que fazer tudo e mais um pouco, o transformou em um fracassado aos olhos de seus compatriotas. Crise na federação, crise na Liga do país, trocas de treinadores e uma incrível falta de filosofia de jogo , e tudo isso, "é culpa do Messi". Se a Argentina ganha: "Messi é um gênio"! Se a Argentina perde: "Messi só joga no Barcelona!" Fico imaginando alguém que tem que conviver com isso. 

Me colocando no lugar do hoje capitão do Barcelona, ficaria extremamente tenso em datas FIFA, pois teria que enfrentar tudo aquilo de novo. Saberia que uma boa atuação faria com que as pessoas me acolhessem melhor em meu país natal, mas que um mau dia, tiraria todo o meu sossego. Barcelona é a casa de Messi desde os 13 anos de idade, não se pode cobrar que ele aja como um argentino puro, coisa que ele não é. Messi foi criado jogando um futebol jogado, estudado e executado a perfeição, esse negócio de 'coração na ponta chuteira e seja o que Deus quiser' não funciona, não com esse hermano. Ou alguém imagina Lionel Messi disputando a Libertadores? 

As redes sociais nos aproximam das pessoas que talvez jamais tenhamos a oportunidade de conhecer pessoalmente, e por ela podemos medir algumas situações. Entre os dias 29 de junho e 2 de setembro, Messi simplesmente não postou nada em sua conta no Instagram, como alguém que estivesse evitando a internet. Depois disso, o craque passou a publicar fotos com a frequência de antes, pois ali, naquele momento, a vida voltara ao normal. Posts em treinos, com jogadores, com a família... uma pessoa leve, que acabara de se livrar de um dos maiores pesos da carreira. 

Messi é um Extraterrestre no sentido figurado, mas na vida ele é humano, por mais que às vezes nos esqueçamos, ele é um de nós. Portanto, volta à Argentina seria um erro!

Por Lui Chaves
Newsfcbarcelona.com
VEJA MAIS

Ousmane Dembélé não merece vestir a camisa do Barça!



Inconstante, incompreensível, moleque, descabeçado... enfim, uma caixinha de surpresas. Dembélé não tem lá um bom histórico pelos clubes por onde passou e, alguém que não se pode confiar, não pode vestir a camisa do Barcelona. 

O francês iniciou a carreira no Rennes, time do seu país natal. Com a camisa do clube disputou 29 jogos como profissional, marcando 12 gols. A polivalência, velocidade e a facilidade em finalizar com as duas pernas, chamaram a atenção de grandes clubes do futebol europeu. Entretanto, pensando em oportunidades a curto prazo, Ousmane preferiu o Borussia Dortmund, que apesar de grande, não entra na prateleira dos gigantes do velho continente. O clube alemão pagou 15 milhões de euros pelo atacante. Ele é uma metamorfose, de uma hora para outra muda de ideia e não quer mais saber de nada. Assim enxergo esse garoto que, em 50 jogos pelo Dortmund, marcou 10 gols e deu 12 assistências entre copa da Alemanha, Champions e Bundesliga. 

Após a saída de Neymar, o Barcelona buscou vários jogadores, e o jovem camisa '7' do Borussia era uma opção. Contando com isso, Robert Fernández, ex-diretor de futebol do Barça, entrou em contato diretamente com o atleta. Segundo informou o Mundo Deportivo no decorrer da negociação, o Barcelona já havia tentado a contratação de Dembélé quando o mesmo forçava a sua saída do Rennes. Mas, como supracitado, o jogador queria ter uma função de destaque, e sabia que com Neymar no Camp Nou isso não seria possível. No entanto, as coisas mudaram em agosto de 2017. A saída do brasileiro abriu uma porta para a chegada do francês, que achou interessante de rebelar contra o time o deu a maior oportunidade da vida. Dembélé não se reapresentou ao Borussia, deixando a direção do clube furiosa. As negociações foram longas, e o Barça cometeu um erro grave: não se manifestou contrário às ações do jogador, ações de pura indisciplina.

"Se ele (a) traiu a (o) ex, ele (a) vai te trair!" É mais ou menos assim que acontece. O Barcelona deveria ter emitido uma nota oficial condenando a atitude do atleta em não comparecer aos treinos e não se apresentar para a preparação para a temporada, mas ao invés disso se calou, pois sabia que o ato de indisciplina facilitara a negociação. Dembélé forçou sua saída dos seus dois primeiros clubes, tornando a convivência insustentável e sua venda inevitável. Parece estar acontecendo de novo, só que dessa vez, o Barça é o Borussia e a minha torcida é para que haja um Barça do outro lado. Insatisfeito com a falta de continuidade no time titular? É, também estamos insatisfeitos com o seu rendimento quando aproveitado! Não gostou da cidade ou do clube? Pois é, eles parecem mesmo não combinar com você.

Últimos acontecimentos: 

Ninguém acreditou muito nessa história de gastroenterite, "problema" que o tirou dos últimos dois treinos prévios à partida contra o Real Betis. Mas, nada foi tão esclarecedor quanto a declaração do técnico da seleção francesa, Didier Dechamps, que disse que "conhece muito bem as desculpas de Dembélé quando ele não quer treinar". Isso materializa tudo o que estamos falando aqui: Ousmane Dembélé não é jogador para o Barcelona! Os atos pequenos da nossa atual diretoria parecem transformar o FC Barcelona em uma instituição menor do que ela é, e isso é inconcebível. A diretoria pagou inacreditáveis 105 milhões de euros fixos, mais 20 em variáveis; uma quantia que não voltará nunca, a menos que ele seja vendido o mais rápido possível.

O PSG já demonstrou interesse, e a janela de inverno se aproxima, essa é uma boa chance de se livrar de um problema que tende a crescer incontrolavelmente. E as perguntas que ficam são: Até quando alguém terá interesse em Dembélé? E será que ele será mais um daqueles "quase craques"?

Lui Chaves  
VEJA MAIS

Assista aos gols e melhores momentos de Barcelona 3 - 4 Real Betis




O Barcelona enfrentou o Betis neste domingo, dia 11 de novembro, pela 12ª rodada da La Liga. Em uma tarde onde nada deu certo, o Barça acabou sofrendo a derrota por 4 a 3, permanecendo assim na liderança, mas com apenas um ponto de vantagem para o segundo colocado. 











VEJA MAIS

"Pray for Barcelona": Relembre o último encontro entre Barça e Betis no Camp Nou


O último encontro entre Barcelona e Real Betis pela Liga espanhola no Camp Nou, aconteceu  no dia 20 de agosto de 2017, em jogo que marcava o a abertura da Liga espanhola. No campo as coisas se desenhavam de maneira estranha, pois logo no início da temporada, de cara, duas pancadas: a saída de Neymar e a derrota para o Madrid na decisão da supercopa da Espanha. Porém, nada foi se compara ao ocorrido na cidade de Barcelona em 17 de agosto, quando uma Van conduzida por um terrorista invadiu as ramblas, famoso ponto turístico da capital catalã, matando 17 pessoas e ferindo outras 100. Os atentados seguiram para cidades vizinhas, mas nenhum teve tanto êxito para os criminosos como esse. 

(Imagem: Rede Globo)


Antes da partida, as duas equipes fizeram um minuto de silêncio e a emoção tomou conta do Camp Nou. O jogo teve controle quase absoluto do Barça, que finalizou 15 vezes contra 3 do Real Betis e teve mais de 60% de posse de bola. O Barça venceu com gols de Alin Tosca (36') contra, e Sergi Roberto (39'). Aquele foi o inicio da caminhada que levaria os blaugranas ao 25º título da La Liga. 


Confira os melhores lances do jogo


Por Lui Chaves 
VEJA MAIS

Aonde assistir Barcelona e Betis: Guia de horários para o mundo inteiro



Domingo 11 de novembro
Estados Unidos e Canadá - Los Angeles, Vancouver (7,15 A M) / Nova York, Toronto (10h15) 
BeIN Esportes

México e América Central - Cidade do México (9.15 A M) 
Sky, TDN

Caraíbas - Jamaica (10.15 AM) / Bahamas (10.15 AM) / Bermuda (11.15 AM) 
Sportsmax

América do Sul - Bogotá (10h15) / Caracas (11h15) / Buenos Aires (12h15) 
ESPN, DirectTV, Tico Sports (Bolívia), Spotsmax (Venezuela)

Brasil - Brasília (1.15 PM) 
ESPN

Islândia ( 
2

Reino Unido e Irlanda (3.15 PM) 
Eleven Sports

Portugal ( 
Onze Esportes

África - Dakar (15h15) / Yaoundé (16h15) / Cidade do Cabo ( 
Canal +, Supersport7, Zap (Angola), Azam Sports (Tanzânia)

Países Árabes - Rabat (16h15) / Cairo ( 
BeIN Sports

Bélgica (4.15) 
Eleven Sports 1

França (4.15) 
BeIN Sports

Barcelona (4.15 PM) 
Bein LaLiga

Alemanha, Áustria, Suíça e Itália (4.15) 
DAZN

Holanda (4.15) 
Ziggo Sport

Hungria (4.15) 
Spiler 2

República Tcheca & Eslováquia (4.15 PM) 
Digi

Ex-repúblicas iugoslavas ( 
Sport Klubb

Escandinávia (04:15) 
Esforce

Polônia (4.15 PM) 
Canal + Esporte

Grécia ( 
Cosmote TV

Finlândia ( 
C Mais Desporto 1

Ucrânia ( 
Megogo

Israel (5.15) 
ONE Sport

Turquia (6.15 PM) 
BeIN Sports

Rússia - Moscou (6.15 PM) 
Telesport, Match!

Eurasia - Riga (17h15) / Baku (7,15 PM) / Tashkent (8,15 PM) 
Setanta Sport

Subcontinente Indiano - Islamabad (8.15 PM) / Nova Deli (20h45) / Daca (21h15) 
Facebook

Sudeste Asiático - Bangkok (22h15) 
BeIN Sports, PPTV

Indonésia - Jacarta (10h15) 
BeIN Esportes, SCTV, INDOSIAR, O CANAL

Vietnã (22h15) 
DAZN

Malásia e Filipinas (11.15 PM) 
BeIN Sports

China (11,15) 
Pequim TV, TV Xangai, Guangdong TV, TV Tianjin, Shandong Canal de TV, Fujian TV Sports Channel, Dalian TV Cultura e Sport Channel, Xinjiang TV Saúde e Sports Channel, Jiangsu TV Sports Channel, Shan'xi TV Sport Channel 


Segunda-feira 12 de novembro
Japão (12.15 AM) 
DAZN, WowWow

Coreia do Sul (12.15 AM) 
SPO TV

Austrália e Nova Zelândia - Sydney (2.15 AM) / Wellington (4.15 AM) 
BeIN Sports


Pacífico Sul - Fiji (4.15 AM) 
Fiji TV

VEJA MAIS

Fato ou Fake? As especulações mais bizarras dos últimos tempos




VEJA MAIS

Relembre os gols de Ernesto Valverde com a camisa do Barça

VEJA MAIS

Opinião: O Retorno de Jodi Alba à seleção

VEJA MAIS

Detalhes da lesão de Philippe Coutinho

VEJA MAIS

Mais de 1 bilhão em 10 anos: a pesada fatura das contratações do Barcelona

VEJA MAIS


| INSTAGRAM